Casa Suíça

 

Tradição e modernidade – esse é binômio que define e reveste as ações da Casa Suíça. A Queijaria Escola preserva e difunde a arte suíça da fabricação do queijo e do chocolate ao leite, sendo ela hoje uma das principais atrações turísticas de Nova Friburgo e da região Centro-Norte Fluminense.

 

Já o centro cultural é um espaço vivo e dinâmico, que compreende, sala de reuniões,  sala de aula, biblioteca com exemplares da literatura Suíça, o  Memorial da Colonização, galeria de artes, auditório com 115 lugares, uma boutique de livros e souvenires, e ainda uma sala com a mostra da Guarda Suíça do Vaticano e a exposição Suíços do Brasil.

Instituto Fribourg

 

O Instituto Fribourg – Nova Friburgo é uma sociedade civil, de direito privado, sem fins lucrativos, de caráter cultural e educacional, beneficente e filantrópico. O Instituto se caracteriza por seu comprometimento histórico na formação social de Nova Friburgo, resultante da colonização suíça na região e pela a cooperação entre os povos dos dois países.

 

O Instituto tem por objetivo promover a aproximação e o intercâmbio social e cultural entre Brasil e Suíça e melhorar a qualidade de vida de Nova Friburgo e da região.

 

Desde 1985, o Instituto Fribourg-Nova Friburgo trabalha na realização de projetos econômicos, culturais e sociais voltados para a Nova Friburgo. O primeiro grande projeto, envolvendo parceiros como as associações Fribourg-Nova Friburgo, o próprio Instituto e os governos do Brasil e da Suíça, é a construção da Queijaria Escola, em Conquista, distrito do Campo do Coelho (3° distrito), inaugurada em 1987.

 

Dando prosseguimento à política de cooperação e investimento, vem em seguida a construção do centro cultural, anexado à queijaria em 1996, e que dá origem ao que hoje conhecemos como a Casa Suíça de Nova Friburgo.